Léo Dias é condenado por foto sugerindo triângulo amoroso entre mulher casada e Ronaldinho Gaúcho.

Indenização por danos morais foi fixada em R$ 20 mil.


O jornalista Léo Dias, da RedeTV e UOL, foi condenado a pagar indenização de R$ 20 mil por veicular foto de mulher casada com o jogador Ronaldinho Gaúcho, sugerindo que ela era envolvida em triângulo amoroso. Decisão é da Turma Recursal de jurisdição exclusiva de Belo Horizonte, Betim e Contagem.

A matéria continha foto de Ronaldinho com duas mulheres e falava em relação a três. Uma delas é a ex-namorada, Priscilla. A outra mulher, autora da ação, é casada, mãe, e apenas tirou foto com o jogador e com a ex-namorada dele.


O texto, por sua vez, diz que a terceira pessoa foi aceita na relação a pedido de Ronaldinho. A legenda da foto, erroneamente, identifica a mulher como Beatriz, mulher que teria se envolvido com o casal e permanecido em um relacionamento com Ronaldinho após o distanciamento dele de Priscilla.


O conteúdo divulgado por Léo Dias – que possui mais de 5 milhões de seguidores no Instagram e mais de 300 mil seguidores no Twitter – teve alcance nacional e internacional.


Em 1º grau, o juízo considerou "evidentes os danos à personalidade, à honra, à vida privada da autora, configurando assim ato ilícito por parte do réu", fixando indenização no valor de R$ 12 mil.


Ao analisar recurso, o relator, juiz de Direito Paulo Sérgio Tinoco Néris, manteve a condenação por dano moral. Ele destacou que, pela popularidade do jornalista, após a divulgação em seu blog, diversos sites reproduziram a imagem, ratificando a informação falsa, e que o ex-jogador não é mera pessoa pública, mas conhecido e aclamado mundialmente. "É indubitável que a imagem da recorrente promovente foi usada sem qualquer diligência pelo jornalista."


O magistrado levou em conta a violação da intimidade, da honra e da imagem da recorrente promovente, e decidiu majorar o quantum indenizatório para R$ 20 mil.