Funcionária que falava de sexo com colegas durante expediente não consegue afastar justa causa.