Declaração de Direitos Humanos.

Não se trata de subjetividade... não se pode relegar à consciência individual... não é benesse... não configura ato discricionário, mas sim um direito .... e direito indisponível, personalíssimo. Negar seu reconhecimento é ignorar a própria existência humana.

“Todos os homens nascem livres e iguais em dignidade e direitos. São dotados de razão e consciência e devem agir em relação uns aos outros com espírito de fraternidade.”


Por: Janaina Garzoni Messias


3 visualizações

HORÁRIO DE FUNCIONAMENTO

Segunda a sexta das 8h às 18h.

Sábados das 8h às 12h.

Copyright 2020 GMEP - Garzoni Advogados Associados | Todos os direitos reservados